Detalhe deste item

Leiloeiro Oficial - Vilmar Bertoncello

  • Cidade: PORTO ALEGRE/RS - Venda Direta
  • Local: Foro Regional da Tristeza
  • 1ª Data: 17/06/2019
  • 2ª Data: 16/12/2019
  • Hora: 00hhs

Descrição

- O Valor mínimo para venda do imóvel é 20% menos que o valor da avaliação judicial. - Informações adicionais pelo fone: (55) 3332 9701


  • Ítem: Edital
  • Categoria: Diversos
  • Detalhes:

     

    EDITAL DE ALIENAÇÃO POR INICIATIVA PARTICULAR

     

    Vara Cível do Foro Regional da Tristeza

    Processo: 001/1.08.0278032-0

    Exequente: Caixa Estadual S/A – Agência de Fomento/RS

    Executados: Fabiana Kolton e Cia Ltda, Gaudêncio Stefan Braga Kolton, Virginia Marisa Perazzone Kolton e Fabiana Perazzone Kolton 

     

     

         A MMa. Juíza da Vara Cível do Foro Regional da Tristeza da Comarca de Porto Alegre, na forma da Lei, FAZ SABER, aos que o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, que foi designada a alienação por iniciativa particular do bem abaixo descrito, de acordo com as regras expostas a seguir:

     

         DO IMÓVEL: O imóvel será vendido em caráter “AD CORPUS” e no estado em que se encontra. A descrição detalhada e as fotos do imóvel a ser alienado estão disponíveis no site www.bertoncello.lel.br.

     

         DO INTERMEDIADOR DA ALIENAÇÃO: A alienação será intermediada pelo Leiloeiro Oficial Vilmar Bertoncello, matriculado na JUCIS/RS sob o nº. 135/96. (51) 99923 1707 – (55) 9 9963 5651.

     

         DO VALOR MÍNIMO PARA A VENDA DO IMÓVEL: O valor mínimo para venda do imóvel será 20% menos que o valor da avaliação judicial.

     

        DOS LANCES/PROPOSTAS: Os lances/propostas poderão ser ofertados a partir do dia 17 de junho de 2019 até as 16 horas do dia 16 de dezembro de 2019, através do e-mail vilmar@bertoncello.lel.br, telefones (51) 99923 1707 – (55) 9 9963 5651 e (55) 3332 9701.

     

         Aprovado o lance/proposta, a alienação será formalizada pelo Juízo responsável, devendo o proponente efetuar os pagamentos correspondentes (preço do imóvel adquirido e corretagem/comissão) de forma imediata, ou condições estabelecidas, após ser comunicado da liberação da venda. Fica por conta do adquirente/arrematante o pagamento da corretagem/comissão do leiloeiro. Caso seja celebrado acordo entre as partes com suspensão da alienação ou qualquer outro meio que põe fim a execução, fica a parte Exequente obrigada a pagar ao Leiloeiro Oficial, a título de custo operacional e comissão, o equivalente a 3% do valor da avaliação, mais as despesas com publicação dos editais e avisos de leilão.

     

         DO TERMO DE ALIENAÇÃO: A alienação será formalizada por Termo nos autos da execução, assinado pelo exequente e pelo adquirente e, se estiver(em) presente(s), o(s) executado(s), expedindo-se Carta de Alienação do imóvel para o devido registro imobiliário.

     

         As demais condições obedecerão ao que dispõe o CPC, o Decreto nº. 21.981/32, com alterações introduzidas pelo Decreto nº. 22.427/33, que regulamenta a profissão de Leiloeiro Oficial e o caput do art. 335 do CP.

     

        DO BEM: O apartamento residencial número 304 do Edifício Marisa, na rua Cristóvão Pereira, número 183, situado no 2º andar ou 3º pavimento, de fundos, à esquerda de quem olhar o prédio de frente, com área real privativa de 64,5720m² e área real de uso comum de 20,0280m², perfazendo a área real total de 84,6000 metros quadrados, composto de dois dormitórios, corredor íntimo, banheiro, sala de estar, vestíbulo, cozinha e área de serviço, correspondendo-lhe uma fração ideal de 84600/1032360 no terreno e nas demais coisas de uso comum e fim proveitoso do edifício. O terreno é constituído do lote número 13 da quadra “P”, medindo 12,00m de frente a dita rua, distanciado 25,00m da esquina da Rua Brito Peixoto, lado dos números pares, por 27,75m de extensão da frente aos fundos, por ambos os lados, tendo, nos fundos, a mesma largura da frente, onde entesta com partes dos lotes 10 e 16 que são ou foram, respectivamente, de Valentim Gajo e de Nestor Gonçalves da Silva, dividindo-se, por um lado, com o lote 12 que é ou foi de Virgílio Machado Mendes e, pelo outro lado, com o lote número 14, que é ou foi de João Marcinio da Silveira. Matrícula nº. 89.172 do Registro de Imóveis da 4ª Zona de Porto Alegre.

         ÔNUS: R. 5 – 89.172. Hipoteca em favor da Caixa Estadual S/A – Agência de Fomento.

     

         AVALIAÇÃO: R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais) realizada em 28 de outubro de 2015.

     

         Todas as regras e condições adotadas para a alienação do imóvel ora ofertado estão disponíveis no site www.bertoncello.lel.br.

     

        A publicação deste edital supre eventual insucesso das notificações pessoais e dos respectivos patronos e será realizada através da rede mundial de computadores, conforme preceitua o § 2º do artigo 887 do NCPC e também em jornal de grande circulação a cada 02 meses.

     

         E, para que chegue ao conhecimento de todos e ninguém alegue ignorância, expediu-se o presente edital que será publicado e afixado na forma da Lei.

     

     

    Porto Alegre, 17 de junho de 2019.

     

     

    Vilmar Bertoncello                                                     Juiz(a) de Direito

    Leiloeiro Oficial


Fotos



voltar

Copyright © 2019 - Bertoncello Leilões - Todos os direitos reservados

 

contador de visitas